Taiwaneses reagem à eleição da nova presidente (vídeo)

(EURONEWS)

Em Taiwan a eleição de uma presidente pró-independência constitui um virar de página nas relações entre Taipei e a China, o vizinho mais próximo.

Mas será que os taiwaneses vêm esta vitória como um passo na direção certa?

“Nós queremos ver reformas. Penso que não há diferenças entre um presidente homem ou mulher. O que mais importa é que a nova líder cuide do povo e nos traga prosperidade”, afirma Chou, um residente local.

Os resultados oficiais deram a Tsai Ing-wen 56% dos votos contra 31% para Eric Chu, o candidato do partido nacionalista, que entretanto já assumiu a derrota e demitiu-se da direção do partido.

Apesar de no seu discurso de vitória Tsai Ing-wen ter declarado que pretende manter relações pacíficas com a China, há quem acredite que os próximos tempos serão difíceis.

“Nos próximos quatro anos, a questão das relações entre Pequim e Taipei não será resolvida; a economia doméstica vai continuar a deteriorar-se, não vão haver avanços no lado diplomático, isto são tudo questões preocupantes”, defende Jian-Hua, um residente de 69 anos.

O governo anterior liderou o país durante 8 anos, período que coincidiu com a reaproximação e o aumento da cooperação económica entre Pequim e Taipei.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA