Santos: ONU escolherá membros da Celac para verificar cessar-fogo

(AFP)

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, afirmou nesta quarta-feira, em Quito, que a ONU será a encarregada de escolher os representantes de países da Celac que participarão da supervisão do fim do conflito armado na Colômbia.

“Não é a Colômbia, nem são as Farc. São as Nações Unidas que escolhem de acordo com a sua experiência, de acordo com o seu conhecimento e de acordo com as ofertas que recebem”, esclareceu o presidente em uma conferencia de imprensa à margem da cúpula da Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribenhos (Celac), na capital equatoriana.

“Dizem-nos das Nações Unidas que já receberam muitíssimas ofertas de muitíssimos países porque muitos estão interessados em participar (…). Podem ser de qualquer país que pertença à Celac”, comentou sem dar maiores detalhes.

Embora não esteja na agenda oficial da cúpula, a pedido da Colômbia tratou-se da criação de uma missão da ONU e representantes da Celac que verificará o iminente desarmamento da guerrilha colombiana das Farc e o cessar-fogo bilateral, no âmbito de um processo de paz para acabar com uma conflagração interna de mais de meio século.

Em uma breve intervenção, Santos assegurou que “todos os países da Celac estiveram totalmente de acordo e dispostos” a apoiar esta missão.

“Agradeço de coração porque isto faz acelerar o processo”, acrescentou.

O Conselho de Segurança da ONU adoptou na segunda-feira uma resolução que estabelece, entre outros pontos, o envio de uma “missão política” – integrada por observadores internacionais desarmados – por um período de um ano para participar em um “mecanismo tripartite” para “vigiar e verificar o cessar bilateral e definitivo do fogo e das hostilidades” na Colômbia.

Santos se referiu também à oferta do Equador de abrigar uma eventual negociação de paz entre o seu governo e a segunda guerrilha do país, o Exército de Libertação Nacional (ELN), da qual disse que as duas partes estão em “fase confidencial”. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA