Sampaoli bate com a porta (vídeo)

(EURONEWS)

Do céu ao inferno em apenas seis meses. Em Julho, Jorge Sampaoli foi o herói da conquista da primeira Copa América pelo Chile, esta terça-feira o técnico bateu com a porta e deixou o cargo de selecionador chileno.

Na origem da decisão estão os sucessivos desentendimentos com o novo presidente da Federação Chilena de Futebol, Arturo Salah, no cargo desde a detenção de Sergio Jadue, relacionada com o escândalo da FIFA.

O clima de guerra entre os dois culminou com Sampaoli a pagar a cláusula de rescisão do próprio bolso. O futuro deverá passar pelo futebol europeu.

Desde a conquista do título continental que o argentino é um dos treinadores da moda e tem vindo a ser frequentemente associado aos maiores clubes do Velho Continente. (EURONEWS)

por Bruno Sousa

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA