Rali Dakar: Paulo Gonçalves desiste, Antoine Meo vence a etapa

O piloto português Paulo Gonçalves (Honda) abandonou o Rali Dakar após uma queda (REUTERS/Frank Fife/Pool)

Antoine Meo (KTM) venceu a décima primeira etapa, na categoria das motos, entre as cidades argentinas de La Rioja e San Juan numa distância de 431 quilómetros.

O francês Antoine Meo (KTM) venceu a décima primeira etapa entre as cidades argentinas de La Rioja e San Juan numa distância de 431 quilómetros.

Antoine Meo conquistou a etapa com 18 segundos de vantagem sobre o australiano Toby Price (KTM) e com 2 minutos e 48 segundos de vantagem sobre o chileno Pablo Quintanilla (Husqvarna).

Quanto ao português Paulo Gonçalves (Honda) acabou por desistir durante a etapa após uma queda. O piloto português foi hospitalizado. De notar que segundo uma nota emitida pela assessoria de imprensa de Paulo Gonçalves, ele foi encontrado inconsciente pouco depois do Way Point 2 e acabou por ser transportado para o hospital mais próximo para ser submetido a observação médica, afirmando ainda que já está consciente e está bem. A equipa do piloto português admitiu que há a suspeita de um traumatismo craniano ligeiro.

De referir que Paulo Gonçalves esteve quatro dias na liderança da prova.

Na geral, Toby Price continua na liderança com 35 minutos e 23 segundos de vantagem sobre Stefan Svitko e com 43 minutos e 46 segundos de vantagem sobre Antoine Meo.

Amanhã a décima segunda etapa vai ligar as cidades argentinas de San Juan e de Villa Carlos Paz numa distância de 481 quilómetros. (RFI)

por Marco Martins

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA