Projecto de 200 fogos habitacionais executado a 80 porcento

Nzeto, uma das localidades do zaire onde se constrói projectos habitacionais (Foto: Pedro Moniz Vidal)

O director provincial do Ordenamento do Território, Urbanismo e Ambiente no Zaíre, Cláudio Fortunato, informou hoje, quinta-feira, em Mbanza Congo, que o grau de execução do projecto de 200 fogos habitacionais em construção nos quatro dos seis municípios da região encontra-se em fase avançada.

Em declarações à Angop, o responsável reconheceu haver abrandamento no grau de execução física das obras, mas assegurou que o projecto poderá ser concluído na sua totalidade no decurso deste ano.

Cláudio Fortunato informou que as novas zonas habitacionais contam já com as infra-estruturas básicas nos domínios da energia e água, arruamentos, redes de esgotos e escoamento de águas pluviais e residuais, entre outras.

“Nós criamos as condições mínimas para que os inquilinos destas residências sociais possam viver com algum conforto”, disse.

Perspectivou que, para o presente ano, dentre outras acções, o asfaltamento dos arruamentos, construção de passeios e lancis e calçadas nos referidos projectos habitacionais.

O programa de construção de 200 fogos habitacionais nos municípios foi lançado em 2012 pelo executivo e abrange as 18 províncias do país.

A nível da província do Zaire, este programa decorre nos municípios do Cuimba, Nzeto, Tomboco e Nóqui, enquanto para Mbanza Congo e Soyo está prevista a construção de novas centralidades. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA