Petróleo abre semana com o preço mais baixo em 13 anos

(DPA)

Fim das sanções ao Irão pressiona valor da commodity. Estima-se que país pode disponibilizar ao mercado diariamente cerca de 500 mil barris.

O preço do petróleo atingiu nesta segunda-feira (18/01) o menor valor em quase 13 anos. Temores de um possível excesso de oferta, devido ao fim das sanções ao Irão, levaram a commodity a ser comercializada na Ásia por menos de 28 dólares o barril.

O anúncio da suspensão das sanções derrubou o valor da commodity na abertura das bolsas asiáticas. O petróleo Brent, com entrega prevista para Março, foi comercializado por 27,67 dólares na Ásia, uma queda de 4,4% em relação ao preço de sexta-feira. Essa é a primeira vez desde novembro de 2003 que o preço barril do petróleo ficou abaixo dos 28 dólares.

O preço do petróleo está em queda desde meados de 2014, devido ao aumento da oferta (com recordes de produção), à diminuição na demanda e à desaceleração da economia global. E o anúncio da retomada de exportações do Irã contribuiu ainda mais para esse cenário.

Com o fim das medidas restritivas, o Irão poderá retomar as exportações de petróleo. Estima-se que Teerão poderá disponibilizar aos mercados europeus e americano quase 500 mil barris de petróleo por dia.

“O Irão possui um grande estoque de petróleo no momento”, afirma o analista Ric Spooner, da corretora CMC Markets, à agência de notícias AFP. O especialista, no entanto, lembra que, para a venda, Teerão necessita restabelecer sua base comercial para encontrar compradores.

Os Estados Unidos e a União Europeia anunciaram no sábado o fim das sanções ao Irão , após a Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) afirmar que o país cumpriu todas as exigências do acordo nuclear firmado entre Teerão e potências mundiais em Julho de 2015. (DW)

CN/afp/rtr/dpa

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA