OMS anuncia o fim da epidemia de Ébola na África Ocidental

(AFP)

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou oficialmente nesta quinta-feira o fim da epidemia de Ébola na África Ocidental, ao declarar a Libéria, o último país afectado, livre da doença, que matou mais de 11.000 pessoas em dois anos.

“Hoje, a Organização Mundial da Saúde declara o fim da epidemia de Ébola na Libéria e afirma que todas as cadeias conhecidas de transmissão na África Ocidental cessaram”, anunciou a OMS.

A OMS advertiu que “o trabalho não terminou” e indicou que “novos focos são esperados”.

“Devemos seguir comprometidos”, afirmou em Genebra Peter Graaff, coordenador da resposta ao Ébola na OMS.

O anúncio da organização foi feito 42 dias depois dos resultados negativos para os últimos casos de Ébola na Libéria.

Esta foi a epidemia mais grave e letal desde a identificação do vírus há 40 anos.

A epidemia foi declarada em Dezembro de 2013 no sul da Guiné e depois se propagou rapidamente para a Libéria e Serra Leoa, os três países mais afectados, depois para Nigéria e Mali.

Em dois anos afectou 10 países, incluindo Espanha e Estados Unidos, e, oficialmente, provocou a morte de 11.315 dos 28.637 contagiados. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA