Oito concorrentes submetidos a votação pública para a final do The Voice Angola

Oito concorrentes em votação pública (Foto: Cathy Pinn/Angop)

Oito concorrentes foram submetidos a votação pública até a próxima quinta-feira, dia 28, para a final do concurso musical The Voice Angola, a ter lugar no domingo (30).

Trata-se de Alfredo Yungi, Mariedne Feliciano, Luís Sebastian, Rafael Sampaio, Esperança Miranda, Cyrius, L- Vince e Preciosa Widney.

A escolha do público vai determinar os quatro finalistas para a gala de consagração, através do site do canal Jango Magic (www.jangomagic.tv) e o We Chat.

No penúltimo espectáculo ao vivo o palco foi partilhado entre os mentores e os seus candidatos. Cada um dos mentores entrou em cena e fez gosto à voz ao lado dos integrantes das suas equipas.

A equipa de Yola Semedo foi a primeira a actuar, cantando a célebre canção ʺFameʺ. Seguiram-se as de Paulo Flores, com ʺAinda o país que nasceu meu paiʺ, de Paulo Flores, a equipa Dji Tafinha com ʺA Capelaʺ e a equipa Walter Ananaz com a performance da música ʺMy loveʺ original do mentor do grupo.

O The Voice Angola surge da parceria entre a MultiChoice e a African Media & Production Network (AMPN) empresa produtora do show.

O The Voice é um show de televisão internacional que se baseia numa competição de canto, em que tem como propósito a descoberta de talentos musicais com personalidades vibrantes e com grande capacidade de entreter. O programa é mundialmente conhecido e tem a particularidade de elevar para o estrelato talentos até então anónimos e catapultá-los para um mundo de fama e sucesso. Esta é a primeira temporada de The Voice Angola produzido no continente.

Os participantes são aspirantes a cantores e competem em audições públicas. Na primeira fase denominada de “Audições Cegas”, quatro mentores, todos artistas notáveis, ouvem os concorrentes sentados, virados para a audiência e de costas para o concorrente, onde simplesmente têm que ser impressionados pela voz. Se o treinador interessar-se pela voz deste, deve pressionar o botão para virar a cadeira e conhecer o candidato.

A primeira versão do show foi exibida na Holanda em 2010, tendo rapidamente conquistado as audiências internacionais e rivalizando directamente com outros reallity shows similares.

O formato do programa é idêntico em todos os países, sendo que a grande particularidade de cada um destes prende-se com o facto dos candidatos, que serão os protagonistas do show, serem jovens oriundos de vários pontos do país, serem talentosos e estarem sedentos de oportunidade. Vão concorrer para serem ouvidos, para encantarem e para serem ovacionados. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA