Ministro da Justiça e Direitos Humanos trabalha em Benguela

Ministro da Justiça, Rui Mangueira (Foto: Clemente Santos)

O ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Rui Mangueira, iniciou, esta sexta-feira, uma visita de trabalho de dois dias à província de Benguela, com vista a constatar o actual nível de funcionamento dos serviços do sector e a implementação de projectos, no âmbito da política de modernização da justiça.

Após a sua chegada a Benguela, o ministro Rui Mangueira deslocou-se ao município do Bocoio, onde, segundo um programa de visita a que a Angop teve acesso, vai verificar “in loco” os serviços de justiça, como o Arquivo Municipal de Identificação Civil e Criminal, a Delegação Municipal do Registo e do Notariado, assim como as instalações do Tribunal Municipal.

De acordo com o programa, o governante visita ainda hoje o Lobito, tendo na agenda a avaliação do Balcão Único do Empreendedor (BUE) da Bela Vista, incluindo o Posto de Massificação do bairro 27 de Março, a Loja dos Registos, no bairro da Caponte, e as instalações da antiga Conservatória dos Registos do Lobito.

Esta ainda previstas visita ao município de Benguela, onde o ministro da Justiça e dos Direitos Humanos vai radiografar o funcionamento dos Postos da Massificação, quer do bairro Nossa Senhora da Graça, quer da zona A, além de avaliar os serviços do BUE, o edifício das AAA e as obras de construção de dois guichés no âmbito do Programa de Investimentos Públicos (PIP-central e local).

Entretanto, o ministro Rui Mangueira, em companhia da directora provincial da Justiça e dos Direitos Humanos, Paula Correia, deverá também visitar a Loja dos Registos de Benguela e as obras da delegação provincial do sector.

Para sábado, último dia da jornada de trabalho, a agenda continua na sede da província, com visitas aos postos da zona B e D, particularmente nos bairros Agostinho Neto-Dom Bosco e da Pecuária, para além da Maternidade do Hospital Geral de Benguela (HGB). (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA