Menores sofrem abusos por soldados estrangeiros na República Centro-Africana

(AFP)

Vários menores supostamente sofreram abusos sexuais cometidos por soldados estrangeiros, informou nesta sexta-feira o alto comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Zeid Ra’ad Al Hussein, que se declarou alarmado pelas acusações.

Os supostos delitos teriam ocorrido principalmente em 2014, mas não se teve noção deles até as últimas semanas.

Uma equipe da ONU no país africano falou com vários menores, que declararam ter sofrido abusos sexuais ou exploração por parte de soldados estrangeiros, que supostamente pertenciam a contingentes da força da União Europeia (Eufor-RCA) ou por efectivos das tropas francesas Sangaris.

Uma das meninas entrevistadas afirmou ter praticado sexo oral com soldados franceses em troca de uma garrafa de água ou um pacote de biscoitos.

A ONU já anunciou a abertura de uma investigação sobre as novas acusações de abusos sexuais supostamente cometidos por soldados de três países participantes na Missão da ONU na República Centro-africana (MINUSCA). (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA