Luanda tem sete novas salas de cinema

Na sala IMAX estreia esta segunda-feira o filme Guerra das Estrelas: O despertar da força

Novo complexo de salas de cinema inaugurou este sábado e tem a participação da portuguesa Nos.

A ZAP, a maior operadora angolana de TV por satélite, inaugurou este sábado, em Luanda, o seu primeiro complexo de cinemas, com sete salas e 1600 lugares, projecto que a participação da portuguesa NOS admite alargar a outras províncias.

Com 3800 metros quadrados (m2), o complexo está instalado no último piso do futuro centro comercial Avenida, em Talatona, alguns quilómetros a sul de Luanda, e entra em funcionamento na segunda-feira.

Conta com a primeira sala construída com tecnologia IMAX em Angola, com 441 lugares e um ecrã que, com 300 m2, será o maior do país, segundo a ZAP. “É um novo negócio para nós, estamos confiantes que será bom e se tal acontecer vamos avançar com novos complexos [em Luanda e nas províncias]. Temos fé nisso, mas vamos ter que esperar para ver como vai correr”, admitiu o director-geral da ZAP, Nuno Aguiar, aludindo à crise financeira e económica que Angola atravessa.

A operadora portuguesa Nos controla 30% do capital social da ZAP, sendo os restantes 70% detidos pela Sociedade de Investimentos e Participações, da empresária angolana Isabel dos Santos.

Questionado pelos jornalistas, o responsável rejeitou divulgar o montante investido pela ZAP neste complexo, o mais moderno do género em Angola, contando ainda com outras cinco salas com capacidades entre os 56 e os 310 lugares.

Acresce uma sala VIP com atendimento personalizado que só entrará em funcionamento aquando da abertura do restante centro comercial, prevista para o primeiro semestre de 2016. “Para terem uma ideia, vieram 10 contentores de lã de rocha para garantir o isolamento acústico das salas. Significa também que há um cuidado muito grande no que vamos proporcionar aos clientes”, assumiu Nuno Aguiar, na inauguração deste complexo de cinemas.

A ZAP garante ter chegado a acordo com as distribuidoras Lusomundo, Pris e Big Picture, acedendo assim às produções de todos os grandes estúdios internacionais, sendo a estreia da sala IMAX, a partir de segunda-feira, o filme Guerra das Estrelas: O despertar da força.

Os preços de cada bilhete vão variar, em função dos dias da semana e do tipo de sala, entre os 1000 e os 2000 kwanzas (seis a 12 euros). “Com este novo passo queremos marcar mais um compromisso com Angola, avançando numa nova área para atingirmos a excelência”, disse ainda Nuno Aguiar.

A ZAP iniciou a sua atividade no mercado angolano em abril de 2010 e é atualmente a maior operadora de TV por satélite em Angola. No primeiro semestre de 2011, entrou em Moçambique e tornou-se rapidamente líder na disponibilização de conteúdos e canais em português e em alta definição.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA