Louçã diz que PS dá como certo que Marcelo ganha as eleições

(DR)

Francisco Louçã esteve esta noite de terça-feira na TVI, onde comentou a actualidade política, nomeadamente as eleições presidenciais.

Judite de Sousa teve esta noite de terça-feira como convidado no Jornal das 8, da TVI, Francisco Louçã. O antigo dirigente do Bloco de Esquerda, quando questionado sobre se estas serão umas eleições decididas à primeira volta, não alinhou com as sondagens que dão a vitória na primeira volta a Marcelo Rebelo de Sousa.

“As sondagens são muito aproximadas da fasquia dos 50%”, indicou, explicando que não é certo que se decida tudo na primeira volta.

Para Francisco Louçã “as eleições estão muito diferentes, o país está muito diferente” e até a “União Europeia está muito diferente” daquilo que foram as últimas eleições. Assim sendo, disse o comentador, mesmo que todas as eleições presidenciais (menos as de 1986) em Portugal tenham sido decididas na primeira volta, não é certo que agora seja igual.

“A expressão política das candidaturas é também muito distinta”, acresce Louçã, denotando uma consolidação mais efectiva à Direita (com a candidatura de Marcelo) e a Esquerda mais fragilizada, onde “não há uma figura imponente da parte da história” do partido.

Por outro lado, sustenta Louçã, “a Direita está consolidada em torno de um candidato que não só forçou a sua aceitação como até forçou a discrição dos líderes da Direita”, referindo-se ao facto de Pedro Passos Coelho estar distanciado da campanha de Marcelo.

“Até parece que [Marcelo] faz uma campanha mais a olhar para o Centro, ele é hoje o mais declarativo apoiante de qualquer medida que o Governo de António Costa faça”, atirou.

“O PS desistiu da campanha eleitoral”, acredita Francisco Louçã, lembrando o caso de António Guterres, que acabou por não concorrer. O partido de António Costa fez “uma coisa que o PS nunca tinha feito até agora, que é não apoiar nenhum candidato”, indicou, explicando que esta decisão mostra que o PS dá como certo a vitória de Marcelo. (Noticias ao Minuto)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA