Legislativas anuladas na República Centro-Africana (vídeo)

(EURONEWS)

O Tribunal Constitucional da República Centro-Africana anunciou a anulação da primeira volta das eleições legislativas, realizadas em simultâneo com as presidenciais a 30 de dezembro, devido a “numerosas irregularidades”.

A instância confirmou, por outro lado, os dois candidatos que se vão enfrentar na segunda volta da eleição para a chefia de Estado: os ex-primeiros-ministros Anicet Georges Dologuélé e Faustin Archange Touadéra. Este escrutínio, previsto para o dia 31 deste mês, deverá no entanto ser adiado pelo menos uma semana, segundo fontes próximas da comissão eleitoral.

Quanto às legislativas, deverão ser organizadas no prazo máximo de 60 dias. Na consulta do fim de dezembro, um grande número de boletins de voto não chegou a tempo às zonas mais remotas do país.

As eleições parlamentares e presidenciais tem como objetivo virar a página sobre três anos de conflito armado e tensões intercomunitárias, que se saldaram em milhares de mortos e cerca de um milhão de deslocados. (EURONEWS)

por Rodrigo Barbosa | Com AFP / LUSA

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA