Lagarde diz que reforma estrutural da China é “tarefa enorme”

(AFP)

A directora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, afirmou nesta quinta-feira que a reforma estrutural da China será uma “tarefa enorme”.

As declarações de Lagarde foram dadas em uma sessão do Fórum Económico Mundial em Davos, vista em um vídeo monitorizado pela Reuters.

Ela acrescentou que não acredita que a China vai de fato finalizar a reforma em linha com os critérios envolvidos em sua entrada na cesta de moedas do FMI.

Lagarde também afirmou que a China deveria se comunicar melhor com seu mercado financeiro, destacando que o país está “passar por uma uma lista de transições”.

“Existe uma questão de comunicação, que os mercados não gostam”, disse ela. (REUTERS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA