Israel desmantela na Cisjordânia uma célula vinculada ao Hezbollah

(AFP)

O exército israelita anunciou nesta quarta-feira que desmantelou na Cisjordânia ocupada uma célula de cinco palestinianos vinculados ao movimento xiita libanês Hezbollah, que pretendia cometer um atentado.

O líder da célula, Mahmud Zaalul, residente na cidade de Tulkarem (norte da Cisjordânia), recebia ordens de Jawad Nasrallah, filho do líder do Hezbollah, Hasan Nasrallah, que o recrutou pela Internet, segundo o Shin Beth, serviço de segurança interno de Israel, e o exército.

Cinco palestinianos foram detidos em Tulkarem, em uma operação das forças israelitas que não teve a data ou as circunstâncias divulgadas.

“A célula estava radicada em Tulkarem e preparava um ataque armado (…) Havia recebido instruções e conselhos de outro membro do Hezbollah sobre a execução de ataques terroristas com explosivos, o treinamento para atentados suicidas, a obtenção de informações sobre as forças de segurança e compra de armas”, afirma um comunicado.

O comandante do Estado-Maior israelita, Gadi Eisenkot, declarou na segunda-feira que o Hezbollah é a “ameaça mais séria” para o Estado de Israel.

Analistas israelitas afirmam que desde a guerra do verão de 2006, o Hezbollah, inimigo de Israel, não conseguiu executar nenhum grande ataque contra o Estado hebreu a partir de sua fronteira comum, o que levou o movimento a recorrer a palestinianos da Cisjordânia para tentar atacar o país. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA