Irão afirma querer baixar tensão com Riad

(AFP)

O ministro iraniano das Relações Exteriores, Mohamad Javad Zarif, afirmou nesta sexta-feira que Teerão não pretende exacerbar a tensão com seus vizinhos, em uma mensagem dirigida ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

“Não temos qualquer desejo ou interesse de ver uma escalada de tensões em nossa vizinhança”, disse Zarif em uma carta a Ban, a qual pede que seja retransmitida ao Conselho de Segurança e à Assembleia Geral da ONU.

“Devemos estar todos unidos diante das ameaças que seguem impondo a todos nós os extremistas”, destaca o texto.

Mas Zarif adverte que Riad “deve fazer uma escolha crucial: continuar apoiando os extremistas e alimentar o ódio sectário ou optar por relações de boa vizinhança e desempenhar um papel construtivo em favor da estabilidade regional”.

“Esperamos que a Arábia Saudita possa ser convencida e que escute a voz da razão”, destaca o texto ao qual a AFP teve acesso.

Zarif recorda as numerosas queixas que Teerão tem do comportamento de Riad, especificamente “os bombardeamentos sauditas que atingiram instalações diplomáticas iranianas no Iémen”, em Abril e Setembro de 2015 e mais recentemente no dia 7 de Janeiro.

O ministro assegurou que Riad trata de sabotar o acordo nuclear firmado pelo Irão com as grandes potencias mundiais em Julho.

Também insistiu em suas denúncias sobre o “apoio a terroristas extremistas na Síria” e o “maltrato de peregrinos iranianos” por parte da Arábia Saudita, país que realiza no Iémen “uma campanha que atinge a população” civil.

A Arábia Saudita rompeu suas relações diplomáticas com o Irão após uma série de ataques contra sua sede diplomática em Teerão, em uma decisão acompanhada por Barein, Sudão, Djibuti e Somália.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA