Huíla: Autoridades registam diminuição de casos de malária

Huíla: Diminuiem casos de malária na província (Foto: Morais Silva)

Os casos de malária diminuíram em pelo menos 11 porcento na província da Huíla, durante o ano de 2015, informou hoje, sexta-feira, no município da Matala, o supervisor do provincial do programa de luta contra à doença, António Chimbili.

Em declarações à Angop, a margem de um seminário sobre os cuidados preventivos contra a malária, o responsável referiu que este feito se deveu a aplicação correcta das estratégias orientadoras do Programa Nacional de luta contra a malária e a disponibilização de mais unidades sanitárias nas periferias.

Sem avançar números concretos, explicou que esta diminuição de casos se deve também a intensificação dos programas de sensibilização das populações sobre formas de prevenção da doença, em parceria com o programa anti-vectorial.

Afirmou que no quadro das medidas preventivas, a direcção provincial da saúde tem estado a distribuir redes mosquiteiras tratadas com insecticida de longa duração.

Considerou ser importante as populações continuarem a usar mosquiteiros tratados com insecticida, bem como drenar as águas paradas nos quintais para diminuir os casos de malária.

Os números sobre a malária em 2015 ainda estão a ser compilados, mas ficaram longe dos verificados no ano anterior, onde foram verificados 649 óbitos por malária, mais 498 em relação a igual período anterior, de um universo de 159 mil e 993 casos diagnosticados. (ANGOP)

DEIXE UMA RESPOSTA