Huíla: Administradora apela redobrar de esforços no combate a violência doméstica

Huíla: LÚCIA FRANCISCA - ADMINISTRADORA DE CHICOMBA (Foto: FERNANDO JAMBA)

A administradora municipal de Chicomba, província da Huíla, Lúcia Francisca, pediu hoje, segunda-feira, as instituições religiosas e a população em geral, a redobrar esforços no combate aos actos que incentivam a violência doméstica nas famílias.

A administradora que falava à Angop, referiu ser necessário que todas as forças vivas de Chicomba, conjuguem esforços e adquiram experiências para uma ampla educação cívica dos cidadãos, com vista a diminuir os focos de violência doméstica e o consumo excessivo de bebidas alcoólicas no seio das famílias.

Segundo a responsável, o que tem preocupado a administração municipal são os casos de consumo excessivo de bebidas alcoólicas na camada juvenil, o que compromete os valores morais e cívicos na convivência entre amigos, colegas e irmãos, culminando sempre em violência doméstica.

Assegurou ser responsabilidade da administração local do Estado, em colaboração as instituições públicas e privadas, trabalhar pela manutenção de um clima de paz, respeito pelos direitos humanos, garantidos pela consolidação das bases estruturantes e valorativas para uma convivência saudável.

“Vamos lutar contra todos actos de violência física e moral, denunciando através da linha telefónica com o número “15020” lançado pelo MINFAMU, que funciona 24 sobre 24 horas em todo canto do país”, apelou.

O município de Chicomba dista 220 quilómetros a norte da cidade do Lubango, capital da província da Huíla, e tem uma população estimada em 127 mil 273 habitantes. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA