Huambo: Tribunal julga jovem acusado de matar o próprio pai

justiça (DR)

O tribunal da província do Huambo começou a julgar sexta-feira o jovem Henrique Chiloya, de 22 anos de idade, detido em Agosto de 2015 depois de ter sido acusado de matar o próprio pais à pancada.

O juiz da causa, Osvaldo Chicossi Braga Malanga, auscultou o réu sobre o que o motivou a cometer o crime, antecedido de um acto de violação sexual contra a sua mãe.

Na presença dos advogados de defesa e do Ministério Público, o réu não negou as acusações, mas afirmou que não era intenção sua matar o pai, referindo que foi o seu

progenitor que partiu por cima dele depois de descobrir que o filho tinha violado sexualmente a mãe.

“Quando o pai descobriu que violei mãe, ele não gostou e começou a espancar-me brutalmente. A minha reacção não era para matá-lo, era apenas para defender-se dos

espancamentos”, confessou.

Depois de responder as perguntas, a defesa exigiu que seja efectuado um exame de orientação mental ao jovem, com vista a se determinar a sua sanidade mental.

O julgamento será retomado no próximo dia 29, após auscultação dos declarantes no processo. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA