Huambo: Candidatos acima dos 30 anos impedidos de ingressar na escola média de Saúde

Huambo: DIRECTO DA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE, CASTRO CHIUMBO (Foto: Edilson Domingos)

A escola de formação técnica de Saúde da cidade do Huambo definiu como idade mínima de ingresso 16 anos e a máxima 30, em cumprimento a uma orientação do Ministério da Educação, soube quarta-feira a Angop.

O processo de inscrição dos candidatos que querem formar-se nesta escola pública iniciou segunda-feira e terminou quarta-feira, segundo deu a conhecer o seu director, Castro Chiumbo, acrescentando que as provas escritas de selecção acontecem no próximo dia 11.

Sem entrar em detalhes acerca da orientação que limita a idade de ingresso, o responsável também anunciou que os alunos reprovados na 10ª classe não terão acesso à matrícula, a partir deste ano, por orientação superior.

Informou que, para este ano lectivo, cujas aulas arrancam em Fevereiro, estão disponíveis 144 vagas, repartidas de forma igual para os cursos de Análises Clinicas, Inspecção Sanitária, Manutenção de Equipamentos Hospitalares, Estomatologia e Farmácia.

Castro Chiumbo confirmou, também, as vagas disponíveis nas extensões em funcionamento nas vilas municipais do Bailundo, Cachiungo e Ucuma, sendo 35 para cada uma delas, cujo preenchimento será igualmente feito através de provas de selecção.

Em 2015 a escola graduou 525 técnicos médios, sendo 28 farmacêuticos, 23 estomatologistas, 57 analistas clínicos, 100 enfermeiros gerais e 317 enfermeiros auxiliares para gerais. Estes últimos os cursos duraram dois anos e os restantes quatro.

A instituição também tem ministrado cursos de especialização aos técnicos de Radiografia, Farmácia, Estomatologia, Fisioterapia e Parteiras. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA