Governo já entregou propostas a Neeleman e Pedrosa para reaver TAP

Pedro Marques, ministro das infraestruturas e planeamento (Foto: D.R.)

Governo já avançou com proposta para reaver maioria do capital da TAP. Segunda reunião decorreu esta quinta-feira e contou com Neeleman e Pedrosa.

O Governo voltou hoje a sentar-se à mesa com os novos donos privados da TAP e, se numa primeira reunião, o Executivo apenas quis mostrar a sua intenção de alterar o negócio, desta vez já avançou com propostas concretas, confirmou fonte do Governo ao Dinheiro Vivo. A reunião terá durado cerca de uma hora e juntou David Neeleman e Humberto Pedrosa na mesma mesa de Pedro Marques, ministro do Planeamento e Infraestruturas e Guilherme W. Oliveira Martins, secretário de Estado das Infraestruturas.

Não foi possível apurar que proposta foi avançada pelo Executivo de António Costa, mas tudo indica que terá sido colocada em cima da mesa mais do que uma solução. Tudo por parte do Governo.

Em reação ao encontro, o ministério do Planeamento e Infraestruturas avança apenas que “a reunião correu de forma muito positiva”, escusando-se a fazer mais comentários.

Ainda esta quinta-feira, Pedro Marques lembrou, à margem da apresentação dos resultados dos aeroportos, que o negócio da TAP é uma pasta em aberto e que a intenção é continuar a negociar com os novos donos privados da companhia até que se chegue a um acordo para que o Estado volte a ter mais de 50% do capital.

O Dinheiro Vivo não conseguiu contactar o consórcio vencedor do processo de privatização da TAP. Na última reunião, em dezembro, os dois investidores garantiram que querem cumprir o negócio assinado com o anterior governo e, por isso, rejeitaram alterações. (dinheirovivo)

Por: Ana Margarida Pinheiro

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA