Governador de Luanda anuncia criação de um comando para combater o lixo

Higino Carneiro- Governador de Luanda (Foto: Antonio Escrivao)

O governador de Luanda, Francisco Higino Carneiro, anunciou hoje (quinta-feira), a criação de um comando na sede do Governo Provincial que vai trabalhar com todos actores municipais, voluntários, públicos ou privados, com vista a resolver o problema do lixo passivo.

Higino Carneiro prestou estas declarações à imprensa, no final de uma visita de campo que efectuou, das 08 as 17 horas, nos distritos urbanos da Ingombota, Samba, Maianga e do Sambizanga, onde vistoriou algumas obras de infra-estruturas sociais em curso e outras já concluídas, prestes a serem inauguradas.

De acordo com o governador, o comando ora criado terá igualmente como missão criar condições para que tão logo se conclua o estudo da nova modalidade do tratamento do lixo, incluindo o pagamento das taxas, ela esteja apta a receber o outro programa.

O responsável deplorou o actual estado de limpeza da província e afirmou que se não forem tomadas medidas urgentes, o saneamento básico poderá se tornar um problema de saúde pública.

Segundo Higino Carneiro os munícipes deviam retirar o lixo do interior das suas residências apenas em horas próprias, quando fossem recolhe-lo ao invés de o exporem ao longo das ruas, defronte as suas residências.

“A apreciação que eu tenho hoje é que o lixo não está a ficar no interior das moradias das pessoas. É depositado diante ou de lado, próximo da habitação, na via pública o que demonstra haver alguma desordem, uma falta de controlo e também de organização dos próprios munícipes que deviam naturalmente concentrar os resíduos nas suas casas e retira-lo apenas quando o viessem recolher”, disse.

Informou que os estudos relativos a determinação dos valores a serem cobrados para a taxa de recolha do lixo estão na sua fase final e tão logo terminem serão tornados públicos.

Incentivou os cidadãos a participarem activamente nos Conselhos de Auscultação e Concertação Social, apresentando os problemas dos seus bairros e sugerindo soluções para em conjunto se encontrarem as melhores formas de resolução dos mesmos em pouco espaço de tempo.

Fez saber que tudo o que viu hoje permitiu-lhe ter uma apreciação do que está a ser feito em prol dos cidadãos, nos domínios da educação, saúde, das águas, sistema viário, saneamento e habitação.

No distrito urbano da Ingombota o governador provincial visitou as obras de recuperação do Parque Zedú, onde se prevê a construção de um monumento em homenagem ao Heroi Nacional, com a inscrição de todos os seus poemas e ao Presidente da República, José Eduardo dos Santos, primeira mediateca infantil, quadra desportiva e balneários.

Na Samba, vistoriou a Biblioteca Distrital, já concluída e em fase de apetrechamento, participou no Conselho extraordinário de Auscultação e Concertação Social, seguiu-se para Maianga onde constatou as obras da Zona Verde, Centro de Distribuição de Água e a vala de drenagem que separa os distritos da Maianga e Kilamba Kiaxi.

Já no distrito urbano do Sambizanga, Higino Carneiro viu o estado das obras das encostas da Boavista, do viaduto e a urbanização da Marconi onde vários edifícios estão já erguidos. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA