FIBA cria potes para sorteio com base na qualidade e geografia

Tunisia Afrobasket 2015 Angola-Egipto (Foto: Clemente dos Santos)

Seis potes foram criados para o sorteio do torneio pré-olímpico masculino, marcado para terça-feira, na cidade suíça de Mies, tendo a FIBA adoptado o critério da qualidade e localização.

Por este facto, Angola encabeça o pote quatro, integrado só por selecções africanas. Deste modo, segundo os organizadores, evita-se que países do mesmo continente calhem no mesmo grupo.

Outro factor a ter em conta para o escalonamento dos concorrentes é a força competitiva de cada continente tendo como referência a Taça do Mundo de Basquetebol Espanha2014.

Segundo a FIBA, o objectivo é ter três torneios de seis equipas cada, com grupos de qualidade semelhante e com as equipas do mesmo continente igualmente distribuídas pelas séries.

Os vencedores dos grupos serão os três apurados para os Jogos Olímpicos Rio2016.

Pela primeira vez, o torneio será disputado em três países diferentes (Itália, Sérvia e Filipinas). O torneio se desenrolará em sistema de pontuação com jogos todos contra todos a uma volta, sagrando-se vencedor quem mais pontos somar.

CONSTITUIÇÃO DOS POTES:

Pote 1: França, Sérvia e Grécia

Pote 2: Itália, República Checa e Canadá

Pote 3: Filipinas, Irã e Japão

Pot 4: Angola, Tunísia e Senegal

Pote 5: Letónia, Croácia e Turquia

Pote 6: México, Porto Rico e Nova Zelândia
(ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA