Exército sírio assume controle do último reduto rebelde em Latakia

(AFP)

As forças do governo sírio assumiram neste domingo o controle da localidade de Rabia, último reduto rebelde estratégico na província costeira de Latakia (oeste), anunciou a televisão estatal.

“As Forças Armadas, em coordenação com as tropas de defesa popular, assumiram o controle da localidade de Rabia”, próxima à fronteira com a Turquia, anunciou a emissora, que citou uma fonte militar.

A província costeira de Latakia é o berço da família Assad, que governa a Síria há mais de quatro décadas.

Rabia foi ocupada pelos rebeldes em 2012 e, desde então, permaneceu sob controle de diferentes grupos insurgentes, entre eles a Frente Al-Nusra, braço sírio da Al-Qaeda.

A cidade caiu em poder das forças governamentais e das forças de defesa popular (milícias favoráveis ao presidente Bashar al-Assad) na madrugada de domingo, após uma ofensiva de vários dias, confirmou a ONH Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

“Nas últimas 48 horas, as forças do regime conquistaram 20 aldeias nos arredores e atacaram a cidade pelo Sul, oeste e norte”, disse à AFP o director do OSDH, Rami Abdel Rahman.

“A ofensiva contra Rabia foi supervisionada por autoridades militares da Rússia e apoiada pelos ataques aéreos russos”, completou Abdel Rahman.

“Cumpriram um papel essencial na captura de Rabia”, completou Rahman, em referência aos russos.

A queda de Rabia, após a de Salma, outra cidade estratégica de Latakia, em 12 de Janeiro, permite às tropas de Assad cortar as rotas de reabastecimento dos rebeldes a partir da Turquia, afirmou Rahman à AFP. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA