Etiópia: Aberta cimeira da União Africana

União Africana: Okasazana Dlamini Zuma (Vermelho) - Presidente da Comissão da UA (Foto: Pedro Parente)

A vigésima-sexta Sessão Ordinária da União África (UA) foi aberta neste sábado, na sala de conferências “Nelson Mandela”, em Addis Abeba (Etiópia), numa cerimónia marcada pelo discurso da presidente da Comissão da União, Nkosazana Dlamini-Zuma.

Seguiram-se as intervenções do secretário-geral das Nações Unidas, Ban-Kimon, do representante da Palestina, Mahmoud Abbas, e do presidente cessante da UA, Robert Mugabe, que defendeu a necessidade de reformas profundas das Nações Unidas e do seu Conselho de Segurança.

Depois dos discursos, Robert Mugabe passou o testemunho ao seu substituto, o presidente do Tchad, Idriss Déby Itno, ao mesmo tempo que reafirmou o seu total apoio ao então investido no cargo de presidente em exercício da UA, para um mandato de um ano.

Nesta Cimeira, em que participam distintos Chefes de Estados e de Governo, a Angola está a ser representada pelo ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti que, à margem do evento, tem mantido uma séria de encontros com entidades estrangeiras para abordagem de assuntos de interesse bilateral, regional e internacional.

Com encerramento marcado para domingo, o evento vai dedicar uma atenção à situação da paz e segurança no continente, o estado da integração continental, bem como as reformas das estruturas em curso no seio dos órgãos de relevo da organização, sucessora da Organização de Unidade Africana (OUA). (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA