Empresários do município de Cacuaco cumprem a Lei do Mecenato

Grupo teatral Horizonte Njinga Mbandi (Ilustração) (Foto: Henri Celso)

Alguns empresários do município de Cacuaco, cerca de 18 quilómetros a Norte de Luanda, estão a cumprir a Lei do Mecenato, disse hoje, quinta-feira, à Angop o director municipal da Cultura e Turismo, Henrique Neves, por ocasião do Dia Nacional da Cultura, 08 de Janeiro.

O responsável fez esta afirmação durante a inauguração do estúdio de gravação áudio “Anferpa-produções”, localizado no bairro da Boa Esperança, comuna do Kicolo.

“Com a implementação da Lei do Mecenato, os empresários da zona foram sensibilizados sobre as vantagens dos projectos culturais e temos registado aderência de alguns agentes económicos que patrocinam grupos desde a musica ao teatro e isto nos alegra na medida em que tira da letargia que se regista de 1992 a esta parte”, delimitou.

Questionado sobre os sítios turísticos existentes da circunscrição citou a Lagoa da Kilunda, a Orla marítima, a Igreja de Santo António de Kifangondo, o Sítio Histórico de Kifangondo, a Barra do Bengo e a Ex-albergaria dos Operários de Caminho de Ferro na Kilunda.

Quanto ao Sítio Histórico de Kifangondo, considerou-o como local do surgimento da República de Angola, porque foi onde se decidiu a proclamação da independência de Angola, pelo facto de albergar a última batalha que fez com que as tropas invasoras não impedissem a proclamação da independência pelo Presidente António Agostinho Neto”, justificou.

Para a comemoração do Dia Nacional da Cultura, o município de Cacuaco programou a inauguração de estúdio de gravação áudio localizada no Bairro da Boa Esperança 3, comuna do Kicolo que facilitará gravação e produção de CDS dos músicos da zona, para não percorrerem mais longas distancias como acontecia antes, bem a realização de outras actividades culturais e recreativas. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA