Embaixadora americana avalia no Cunene projecto de prevenção sobre desastres naturais

Hellen La Lima - Embaixadora dos Estados Unidos em Angola (Foto: Edilson Domingos/Arquivo)

A embaixadora dos Estados Unidos da América acreditada em Angola, Helena Ruth La Lime, avaliou hoje, segunda- feira, na província do Cunene, o nível de execução do projecto de melhoria da resiliência a mudança climática na Bacia Hidrográfica do Cuvelai, que visa prevenir os desastres naturais.

O projecto apresentado na Unidade dos Bombeiros, foi elaborado entre 2012 a 2015, por técnicos do Serviço de Proteção Civil, em parceria com técnicos namibianos, e conta com um sistema de estação hidrométrico que capta e distribui informações com antecedência das eventuais cheias e seca.

Na ocasião, a embaixadora Helena Ruth La Lime, manifestou-se satisfeita pelo trabalho realizado e que irá permitir daqui em diante captar informações das cheias e do fenómeno seca, que afectam o maior número da população e os seus animais na província.

Explicou que o projecto foi financiado pela Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), no valor de um milhão e meio de dólares, para evitar eventual situação de calamidades neste ano e, posteriormente, nos outros anos.

Helena Ruth La Lime sublinhou que sendo a primeira visita ao Cunene, já tem informações sobre a situação das calamidades que afectam as populações locais, sobretudo das zonas rurais, e este projecto vai servir para alertar às famílias sobre estes riscos.

Durante algumas horas de visita na província, Helena Ruth La Lime, em companhia do segundo comandante de Proteção Civil do Cunene, Paulo Kalunga, inteirou-se da Estação Hidrométrica de Okafuca e Okapale 1, respectivamente. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA