Dúvidas sobre economia chinesa voltam a fazer disparar o “fusível” da bolsa

(EURONEWS)

O “fusível” da bolsa chinesa voltou a disparar pela segunda vez esta semana, após uma nova queda dos principais índices em Xangai e Xenzen superior a 7%.

À hora do encerramento antecipado, Xangai perdia 7,32% e Xenzen 8,35%.

Como ocorrera já na segunda-feira, as autoridades suspenderam a atividade dos mercados, seriamente abalada por uma nova desvalorização do Yuan que aumentou os receios sobre o abrandamento do crescimento da segunda maior economia mundial..

O Banco central chinês tinha decidido ontem depreciar a moeda nacional em 0,51% face ao dólar. A 6,5646 yuans por um dólar, a moeda chinesa atingiu o valor mais baixo dos últimos cinco anos, aumentando as dúvidas dos investidores sobre a saúde da economia do país.

Os ventos chineses resfriaram outras bolsas asiáticas como Hong Kong onde o índice Hang Seng caiu mais de 3% para o nível mais baixo dos últimos dois anos. (EURONEWS)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA