Dinamarca aprova medidas para dissuadir refugiados

(EURONEWS)

Apesar das críticas de organizações internacionais de defesa dos Direitos Humanos, o Parlamento dinamarquês aprovou, como previsto, uma reforma na legislação que tem como objetivo dissuadir os refugiados de pedirem asilo no país.

Entre as medidas estipuladas, está a confiscação de bens de valor dos migrantes, para pagar a sua estadia, ou um adiamento de até três anos para as reunificações familiares.

A Dinamarca viu chegar um número recorde de 20.000 refugiados no ano passado. (EURONEWS)

por Rodrigo Barbosa | com REUTERS / EFE

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA