Cuanza Sul: Sistema de saúde na Quilenda necessita de três médicos

(Foto: D.R.)

Pelo menos três médicos de diversas especialidades são necessários para assegurar o sistema de saúde na Quilenda , província do Cuanza Sul , segundo um relatório síntese da visita de ajuda e controlo do governador da Província ,Eusébio de Brito Teixeira , realizado terça-feira, na localidade.

O mesmo relatório avança que além de médicos o Hospital municipal necessita , igualmente, de 36 enfermeiros, três ambulâncias bem como testes rápidos da malária.

Recomenda a necessidade da construção de um laboratório para análises anti-tuberculose.

Questionado sobre o sistema de saúde , o responsável da saúde Paulo André defendeu a necessidade da contínua disponibilidade das brigadas anti-vectorial com vista a se prevenir os casos de malária.

Apontou como problema as vias de acesso que ligam as aldeias e a sede da vila, justificando que “ no caso de transferência de um doente, o actual estado rodoviário dificulta o transporte em segurança .”

“ Se tivermos , especialmente a estrada Quilenda /Gabela em bons estado , num percurso de 30 quilómetros facilitaria o transporte dos doentes até ao Hospital geral do Cuanza Sul , no Sumbe , mas as condições actuais são muito complexas.”

A Quilenda conta com um Hospital municipal e 12 postos de Saúde. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA