Cuanza Norte: Vila de Bolongongo ganha sistema de abastecimento de água canalizada

Centro de captação de agua do Bolongongo (Foto: Eliseu Veloso)

Os dois mil habitantes da vila de Bolongongo, sede do município com o mesmo nome, província do Cuanza Norte, beneficiam desde terça-feira de um novo sistema de captação, tratamento e distribuição de água canalizada, inaugurado pelo governador provincial, Henrique André Júnior.

O empreendimento que tem como ponto de captação o rio Cuale que passa há três quilómetros da vila tem uma capacidade de bombear 350 metros cúbicos de água por dia e numa primeira fase abastecerá 18 chafarizes e dezasseis lavandarias.

Construído no âmbito do Programa “Água para Todos”, o sistema fornecerá ainda o precioso líquido às aldeias “Bolongongo”, Quiboto, Quidila e Lenvula através de cento e seis ligações domiciliares.

Em declarações à Angop, após o corte da fita, o director provincial de Energia e Águas, Joaquim Jerónimo, disse que o projecto de construção da obra foi implementado de Junho de 2013 a Dezembro de 2015, com o propósito de suprimir a escassez de água entre os habitantes.

Numa empreitada executada pela empresa Sinohidro, a obra comporta entre outras dependências um laboratório de análise de qualidade, salas de captação e de tratamento, assim como um tangue de distribuição com capacidade para armazenar 350 metros cúbicos.

Sustentado por um grupo gerador de 2.000 KVA, o sistema garantiu emprego directo a seis jovens da localidade.

Na ocasião, o director provincial de energia e águas pediu aos beneficiários a preservarem os equipamentos, visando valorizar o investimento do governo e servir também as gerações vindouras.

Desde a época colonial a vila de Bolongongo era abastecida de água canalizada a partir da captação que fornece o produto à vila de Quiculungo, (sede do município com o mesmo nome) distante há onze quilómetros, cujas avarias no sistema condicionavam o normal abastecimento.

Henrique André Júnior procedeu, no mesmo dia, à inauguração de um sistema semelhante de abastecimento de água à sede da comuna de Quiquiemba, situada 60 quilómetros a noroeste da vila de Bolongongo, sede municipal.

O município de Bolongongo cuja sede dista 150 quilómetros a norte de Ndalatando, capital do Cuanza Norte, tem uma extensão territorial de 1.018 quilómetros quadrados que incluem a comuna do Terreiro, tendo como população 12 mil, 635 habitantes, segundo os dados preliminares do censo geral da população e da habitação, de 2014. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA