CPJ advoga uma juventude mais actuante em 2016

Cunene: Lucia Yoleni -Secretaria interina do Conselho Provincial da Juventude no Cunene. CPJ (Foto: Angop/Arquivo)

A secretária interina do Conselho Provincial da Juventude (CPJ) no Cunene, Lúcia Yoleni, defendeu hoje (sábado), em Ondjiva, que a juventude local seja mais actuante durante o ano de 2016 e activa nas acções de desenvolvimento da província.

Ao falar à Angop sobre a participação dos jovens no desenvolvimento da sociedade, Lúcia Yoleni sublinhou que os jovens são o garante da continuidade, daí que devem estar comprometidos com o futuro dando sempre o seu contributo no progresso que se quer.

Cada jovem pode fazer a sua parte apostando mais na formação académica e profissional, dedicando-se ao trabalho e na elevação do espírito patriótico, apercebendo-se que é uma peça necessária no desenvolvimento do país e em particular da província, precisou a líder juvenil.

Encorajou a promoção do associativismo juvenil por ser um meio eficaz no exercício da cidadania e do patriotismo.

O Conselho Provincial da Juventude controla mais de cinco mil jovens associados nas organizações políticas e associações cívicas sedeadas na província do Cunene. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA