Codevasf promove evento para orientar e conscientizar os funcionários no ‎Combate ao Aedes aegypti‬

Secretário executivo do MI abre palestra sobre combate ao Aedes Aegypti (Crédito: Frederico Celente/Codevasf)
Os órgãos do governo federal estão organizando atividades internas de conscientização com seus servidores e colaboradores para ampliar a mobilização para o combate do mosquito Aedes Aegypti – uma convocação da presidenta Dilma Rousseff.
A estratégia é fazer com que cada um seja multiplicador das mensagens recebidas no ambiente de trabalho junto à família, vizinhos e demais pessoas com quem se relaciona.
Nesta quinta-feira (28), a tecnologista do Ministério da Saúde, Kauara Brito, apresentou aos funcionários da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) as principais campanhas do Ministério da Saúde para conscientizar e mobilizar as pessoas para o combate ao mosquito. O presidente da Codevasf, Felipe Mendes, e o secretário-executivo do Ministério da Integração Nacional, Carlos Vieira.
Durante a sua apresentação ela destacou os principais motivos para a grande incidência da dengue em áreas urbanas.“Para ter transmissão da doença é preciso ter o vetor em grande quantidade, vírus circulando em grande quantidade e o número de pessoas próximas. Por isso, nos grandes centros urbanos é onde temos um maior transmissão”, ressalta.
Carlos Vieira destacou que o combate à dengue deve ser uma tarefa coletiva.  “Todos nós, o Ministério da Integração Nacional, as coligadas e as vinculadas, estamos envolvidos nessa mobilização, que é um trabalho de conscientização do servidor e do colaborador sobre a importância de ter um comportamento que leve a dizimar o mosquito da dengue”, disse.
A ação, que está sendo chamada de “faxinaço” contra o mosquito, terá início nessa sexta-feira (29) e vai até o dia 4 de fevereiro.

(nota de imprensa enviada ao Portal de Angola com pedido de publicação)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA