China injecta liquidez no sistema financeiro pela segunda vez esta semana

Banco do Povo da China (DR)

O Banco Popular da China injectou esta quinta-feira 340 mil milhões de yuan (47,8 mil milhões de euros) no sistema financeiro do país.

Desde que, no dia 19 de Janeiro, o Gabinete Nacional de Estatísticas revelou um crescimento da economia chinesa de 6,9% em 2015 – o ritmo mais lento dos últimos 25 anos – o PBOC efectuou cinco injecções de liquidez.

As operações foram concretizadas através de acordos de recompra (‘repos’), um mecanismo que pressupõe a recompra posterior dos títulos vendidos dentro de um prazo estabelecido.

Na terça-feira, o banco central chinês injectou 440 mil milhões de yuan (62 mil milhões de euros) no sistema financeiro chinês, a maior operação do género desde Fevereiro de 2013.

A agência oficial chinesa Xinhua justifica as operações com a necessidade de garantir liquidez durante o Ano Novo Lunar, a principal festa das famílias chinesas, que começa no dia 8 de Fevereiro.

Ainda assim, a quantia injectada neste período supera em muito a do exercício de 2015, que se fixou em 80 mil milhões de yuan (11.200 milhões de euros). (Jornal de Negocios)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA