Catalunha: Mas afasta-se e cria condições para governo independentista

(EURONEWS)

A Catalunha vai ter um novo governo regional. O primeiro-ministro cessante, Artur Mas, vai afastar-se e assim preencher a condição exigida pela esquerda independentista para apoiar a formação de um executivo secessionista. O edil de Girona, Carles Puigdemont, é apontado como o próximo chefe do governo da região espanhola.

As eleições de Setembro deixaram os partidos independentistas com a maioria absoluta mas o nome de Artur Mas impossibilitava qualquer acordo. Se não fosse alcançado um compromisso até segunda-feira, os catalães teriam de regressar às urnas. (EURONEWS)

DEIXE UMA RESPOSTA