Cabinda: Primeira secretária do MPLA apela ao combate cerrado à imigração ilegal

Cabinda: SME em Cabinda e o combate a imigração ilegal (Foto: Pedro João)

A primeira secretária provincial de Cabinda do MPLA, Aldina Matilde Catembo, apelou à sociedade local no sentido de redobrar os esforços para o combate cerrado à imigração ilegal e a todas as pessoas que a promovem ou auxiliam.

Aldina Catembo fez este apelo, quarta-feira, durante o encontro que manteve com os militantes do seu partido no município sede de Cabinda, tendo sublinhado que é preocupante a actual situação de imigrantes ilegais na província.

Ao indicar que o saneamento básico e o ordenamento do território são tidos como principais problemas que devem merecer atenção especial dos militantes, apontou a imigração ilegal como um fenómeno que deve ser combatido por disseminar alterações da boa convivência dos angolanos e de hábitos que nada têm haver com os costumes do povo angolano.

Considerou que a imigração ilegal deve constituir motivo de reflexão, a julgar pelos efeitos comprometedores aos princípios e valores da boa convivência social, característicos do povo angolano.

“É necessário reforçar as medidas gizadas para a responsabilização dos cidadãos nacionais que garantem guarida e apoio à permanência ilegal dos estrangeiros”, disse.

Realçou ainda que deve-se prestar maior atenção ao fenómeno de proliferação de seitas religiosas que contribuem, significativamente, no aumento de problemas ligados à imigração ilegal, bem como capacitar e controlar a actividade das autoridades tradicionais no sentido do estreitamento de relações destas com com as populações. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA