Cabinda: Ex-miltares da FLEC começam a ser registados

Ex Militares da Flec Integrados na Sociedade em Cabinda (Foto: Angop)

Quarenta e duas famílias de ex-militares da FLEC, num total de 236 pessoas, começaram terça-feira a ser registados para a obtenção de documentos que os identifiquem como cidadãos angolanos, no âmbito da sua reinserção social.

Os referidos ex-militares da FLEC foram reassentados na comuna do Dinge, município de Cacongo, depois do seu regresso da República do Congo Brazzaville com as respectivas famílias, no quadro do processo de repatriamento voluntário dos refugiados angolanos.

De acordo com o responsável dos Registos no município de Cacongo, José Gimbi, os 236 cidadãos foram apurados depois de um aturado trabalho de confirmação que contou com a colaboração de órgãos especializados como o Serviço de Migração e Estrangeiros (SME), para se evitar que estrangeiros tenham, através deste processo, acesso à documentação exclusiva para cidadãos angolanos.

João Pedro Gomes agradeceu em nome dos beneficiários o gesto das autoridades pelo registo, realçando ser um marco importante para a sua reinserção na sociedade angolana. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA