Bié: Mulheres aconselhadas a aderirem as aulas de alfabetização

Amélia Calumbo Quintas, Secretária provincial da OMA no Bié (Foto: Bartolomeu do Nascimento)

A secretaria provincial da Organização da Mulher Angolana (OMA) no Bié, Amélia Calumbo Quintas, apelou nesta segunda-feira, no Cuito, a necessidade das mulheres no geral a apostarem nas aulas de alfabetização, de forma a aprenderem a ler e escrever, bem como compreenderem os fenómenos da sociedade.

Em declarações à imprensa, a responsável disse que a OMA vai continuar a apostar nas aulas de alfabetização, mormente nas suas estruturas de base, para que as militantes possam igualmente corresponder com as exigências da organização e do país no geral.

Para tal, a OMA no Bié trabalha na mobilização das militantes já com o nível académico aceitável e sobretudo formadas em ciências de educação, no sentido de assegurarem o processo nas suas áreas de jurisdição.

De salientar, em 2015, foram alfabetizados na primeira época 34.179 adultos, dos quais 23.662 do sexo feminino.

O programa de Alfabetização e Aceleração Escolar (PAAE) na província do Bié tem o envolvimento das igrejas, organização não-governamental checa People in Need, Polícia Nacional, Antigos Combatentes e Veteranos da Partia e a OMA, respectivamente. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA