Bié: Hospital missionário do Vouga ganha aparelho de raio X

Aparelho de Raio- X instalado no hospital missionario do Vouga no Cunhinga (Foto: Jilmar Enoque)

O director do hospital missionário da igreja católica do município do Cunhinga (ex-Vouga), 30 quilómetros a norte do Cuito (Bié), Pedro Mango, anunciou hoje, terça-feira, a instalação de um aparelho de raio X de alta qualidade naquela unidade sanitária.

Em declarações à Angop, o responsável garantiu que actualmente aguarda-se apenas pelos técnicos que irão montar a impressora para suportar o aparelho, assim como a conclusão da formação do pessoal que, segundo ele, acontece ainda neste primeiro trimestre.

Pedro Mango manifestou-se satisfeito com o gesto do Governo da província do Bié que, além da disponibilidade do aparelho tem também sabido dar resposta as preocupações do hospital.

O hospital do Vouga foi nos anos de 1960 considerado uma das melhores unidades missionárias de África, tem capacidade de 300 camas, mas actualmente funcionam 118 camas. Está completamente reabilitado e apetrechado com meios modernos de diagnóstico e de tratamento, depois da sua reinaguração em Janeiro de 2014.

Oferece serviços de medicina, cirurgia, ortopedia, banco de urgência, laboratório para análises clínicas, puericultura, estomatologia, hemoterapia, consultas externas, entre outros.

As obras de reabilitação consistiram na revisão total da cobertura, aplicação de novas portas, janelas e tecto falso, novo mosaico e azulejos, instalação de nova rede de água potável, esgotos e energia eléctrica.

O empreendimento foi reabilitado e apetrechado no âmbito do Programa de Investimentos Públicos, que visa proporcionar melhores condições sociais básicas às populações, combatendo a pobreza e as assimetrias nas comunidades, através da construção de infraestruturas integradas.

O hospital missionário do Vouga foi construído em 1954 a mando do então padre Manuel Garcia. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA