Bié: Centralidade do Cuito vai acolher mais de 40 mil habitantes

Bié: Centralidade do Cuito (Foto: Rosario dos Santos)

A centralidade que está a ser erguida na cidade do Cuito, província do Bié, vai acolher 42 mil habitantes, após a conclusão dos seis mil apartamentos em curso na localidade de Chissindo, cerca de seis quilómetros a sul da capital provincial.

A centralidade conta com mil 800 apartamentos já concluídos, segundo apurou à Angop, a quando da visita de trabalho efectuada, quinta-feira, pelo secretário de Estado do Urbanismo, Nhanga Kalunga de Assunção.

A centralidade tem já concluído o sistema de canalização das residências, estando a decorrer as obras no centro de tratamento e distribuição de água potável, com término previsto para o ano em curso.

Na ocasião, o director nacional de infraestruturas do Ministério do Urbanismo, Fernando Francisco, que acompanhou o secretário de Estado, considerou positivo a forma como decorrem as obras, tendo manifestado a sua satisfação pelos equipamentos sociais que estão a ser colocados no local.

Incentivou o empreiteiro a prosseguir com a mesma dinâmica, especialmente nas obras sociais, tais como escolas, creches, supermercados, comando da Polícia Nacional, Serviços de Protecção Civil e Bombeiros e centro de saúde.

Entretanto, o vice-governador para a esfera Técnica e Infraestruturas da província do Bié, José Fernando Tchatuvela destacou a importância da infraestrutura para a comunidade, salientando que irá resolver a falta de habitação entre os habitntes da região. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA