Benguela: Rio Hálu transborda e inunda mais de 13 hectares de culturas em Caimbambo

Rio Hálu transborda por causa das fortes chuvas (Foto: António Lourenço/Arq)

Mais de treze hectares com culturas, entre as quais de milho, estão inundados, desde quarta-feira, após o rio Hálu ter transbordado para as margens adjacentes, em consequência das fortes chuvas que caem no município de Caimbambo, 116 quilómetros a Sul da cidade de Benguela.

Nas últimas 24 horas, a chuva caiu torrencialmente no município do Caimbambo. Como resultado o rio transbordou, o que causou inundação na cintura verde do Hálu, provocando enormes prejuízos aos agricultores.

Em declarações à Angop, o soba da comuna sede de Caimbambo, Agostinho Jinji, frisou que, além das lavouras submersas, a correnteza das águas pluviais arrastou mangueiras e motobombas dos agricultores no perímetro irrigado do rio Hálu.

Nesta quinta-feira, a Angop constatou que a passadeira de acesso à estação do Caminho de Ferro de Benguela (CFB) foi também danificada pelas cheias do rio Catuyo, cortando a circulação automóvel.

O tráfego rodoviário na periferia da vila de Caimbambo efectua-se, neste momento, com restrições, devido a obstrução de algumas vias. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA