Ataque em restaurante da capital da Somália deixa 19 mortos

(EURONEWS)

Rebeldes islamitas do grupo somali shebab mataram pelo menos 19 pessoas em um ataque contra um restaurante de Mogadíscio, anunciou a polícia.

“Mataram 19 pessoas, incluindo mulheres e crianças”, afirmou o agente da policia Mohamed Abdirahman, que chamou a acção de ataque “bárbaro e brutal” contra civis.

Após uma explosão violenta, vários homens armados invadiram o restaurante na quinta-feira à noite.

Os rebeldes shebab, ligados à Al-Qaeda, reivindicaram o ataque. Quatro insurgentes morreram e um foi detido.

“Os combatentes mujahedines atacaram na praia do Lido”, anunciaram os shebab na rádio Andalus, emissora utilizada pelos islamitas.

O anúncio destacou uma “grande operação contra os inimigos de Alá”.

O bairro da praia do Lido, em Mogadíscio, tem muitos restaurantes, incluindo alguns de luxo.

“O fato de terem escolhido este local durante uma noite do fim de semana demonstra até que ponto os rebeldes shebab não têm piedade”, disse Abdirahman.

“Queriam matar mais civis, mas as forças de segurança salvaram a maioria das pessoas”, completou.

Os shebab, expulsos em 2011 de Mogadíscio e depois de seus principais redutos no centro e sul da Somália, continuam controlando amplas zonas rurais, a partir de onde executam operações de guerrilha e atentados suicidas contra os símbolos do frágil governo somali ou da força militar africana que apoia o Executivo. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA