Ataque atribuído aos rebeldes ruandeses deixa 14 mortos na RDC

(AFP)

Ao menos 14 pessoas foram assassinadas na madrugada desta quinta-feira no leste da República Democrática do Congo (RDC) em um ataque atribuído a rebeldes ruandeses e que tinha como alvo, aparentemente, a comunidade Nande, segundo as autoridades e o exército.

O ataque aconteceu em Miriki, localidade da região de Kivu Norte, 100 km ao norte de Goma.

“Contabilizamos 14 corpos”, declarou à AFP Bokele Joy, administrador do território de Lubero, cenário do massacre.

“As FDLR (Forças Democráticas de Libertação de Ruanda) cometeram o ataque”, disse.

Uma fonte militar confirmou as informações. (AFP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA