Associação chama atenção de antigos combatentes para acções de organização ilegal

Memorial da Batalha do Cuito Cuanavale (ANGOP)

A Associação Clube dos Combatentes e Amigos da Batalha do Cuito Cuanavale (CACBACC) apelou esta quinta-feira, em Luanda, aos associados para que se mantenham atentos em relação às acções levadas a cabo por um suposto Fórum dos Combatentes da Batalha do Cuito Cunavale (FOCOBACC LDA), uma vez que o mesmo é uma organização ilegal.

De acordo com uma nota de imprensa da organização chegada hoje à Angop, a FOCOBACC LDA é uma sociedade comercial extinta pelo Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos, através do ofício nº 7249/GM JDH/2015 de 3 de Novembro de 2015.

Neste sentido, acrescentou o documento do Clube dos Combatentes e Amigos da Batalha do Cuito Cuanavale, aquela organização enquanto sociedade comercial possui objectivos contrários aos seus uma vez que é meramente comercial.

Dai ter convidado todas as pessoas pertenceram ao referido FOCOBACC a comparecerem e efectuaram o registo na direcção da Associação Clube dos Combatentes e Amigos da Batalha do Cuito Cunavale, assim como os ex- combatentes que participaram nas outras batalhas.

O Clube dos Combatentes da Batalha do Cuito Cuanavale congrega todos os heróis das batalhas em Angola, tais como os que combateram contra as invasões de tropas estrangeiras e presta ajuda voluntária na localização dos campos de minas.

A organização pauta-se pelos princípios de democraticidade, da unidade e a independência, sendo independente nos âmbitos político, partidário, religioso e sindical.

Com o fito de cumprir com os objectivos preconizados, o clube presta apoio jurídico aos seus associados nas questões resultantes da sua actividade associativa e profissional, representa e defende os associados, bem como os seus dependentes e familiares junto dos órgãos de soberania e outras entidades públicas, veiculando os seus legítimos anseios.

A Associação Clube dos Antigos Combatentes da Batalha do Cuito Cuanavale foi proclamada este ano e está reconhecida pelo Estado angolano, tendo os seus estatutos sido publicados no Diário da República, no dia 4 de Agosto. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA