Arábia Saudita anuncia a execução de 47 terroristas (vídeo)

(EURONEWS)

A Arábia Saudita anunciou que executou 47 pessoas acusadas de terrorismo.

O Ministério do Interior da Arábia Saudita informou que entre os executados, no sábado, encontrava-se o líder religioso Xiita Nimr Baqr al-Nimr

Segundo o Ministério do Interior, a maioria dos executados esteve envolvida numa série de ataques que a Al-Qaeda realizou entre 2003 e 2006.

O Irão, principal rival da Arábia Saudita na região, já fez saber que a execução do xeique Nimr “custaria caro à Arábia Saudita.”

O ayatollah xiita, e dissidente político saudita, tinha sido preso em 2012 depois de ser baleado pela polícia durante uma troca de tiros.

A Arábia Saudita, normalmente, executa as pessoas numa decapitação pública. (EURONEWS)

por Luís Guita

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA