Aprovado Orçamento de Estado de São Tomé e Príncipe

Patrice Trovoada, primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, conseguiu aprovar o seu Orçamento de Estado (Miguel Martins/RFI)

Depois de acesos debates, o Orçamento Geral do Estado para 2016, foi aprovado com 32 votos a favor da maioria parlamentar da ADI e 22 abstenções da oposição.Avaliado em 170 milhões de dólares o Orçamento destaca os sectores chave, nomeadamente, infra-estruturas, saúde, educação, agricultura e administração interna.

As maiores fatias vão para infra-estruturas, saúde e educação com 20,2; 14,2 e 12,4% respectivamente.
Agricultura e Administração vão receber a fatia de 6,7 e 4,2% respectivamente.

Comparativamente ao anterior este Orçamento é superior, tendo em conta que estava avaliado em 150 milhões de dólares.

O MLSTP-PSD, a maior força da oposição, através do seu líder, Aurélio Martins, viabilizou o orçamento e compara-o com o anterior.

O PCD manifestou reservas segundo o Presidente, Xavier Mendes.

O primeiro-ministro santomense, Patrice Trovoada, não se admirou com a abstenção da oposição e disse que o seu governo está apostado em implementar a sua politica.

As reformas institucionais no sector da justiça, visando o crescimento da economia e melhoria económica , combate à corrupção e ao desemprego, são algumas medidas propostas pelo governo e que estão acordadas com o FMI e BM em termos de politica macroeconómica. (RFI)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA