Angola: Espera-se mais remodelações governamentais (áudio)

Presidente José Eduardo dos Santos (NOVOJORNAL)

O presidente José Eduardo dos Santos está decidido em avançar com nomeações no executivo que vão estender-se aos governos provinciais, disseram fontes bem informadas.

Os primeiros sinais desta decisão foram dados com a recente nomeação de um novo governador da província de Luanda.

A nomeação de Higino Carneiro para o posto de governador de Luanda levou por seu turno à nomeação de um novo governador no Kuando Kubango anteriormente sob controlo de Carneiro.

As mesmas fontes disseram que Norberto dos Santos Kata Kanawa deverá ser nomeado como próximo ministro da comunicação social em substituição de Luís de Matos

Deverá ser ainda anunciado o regresso à vida política de José Maria Ferraz dos Santos como próximo governador do Kwanza Norte, enquanto a nível do governo central deverá ser nomeado Ricardo de Abreu como secretário de estado das finanças, disseram as mesmas fontes.

Despachos presidenciais deverão também anunciar outras nomeações.

Responsáveis políticos da oposição consideram que estas decisões de Eduardo dos Santos estão relacionadas com o ano pré-eleitoral e a necessidade do governo do MPLA recuperar o desgaste da sua imagem face ao agravamento da situação social e económica do país.

O secretário-geral do Bloco Democrático Alfredo João Baruba disse haver no entanto apenas “uma circulação de cadeiras enquanto o disco vai tocando a mesma música”.

No seu entender o que se devia fazer “é tirar mesmo certas pessoas do circuito de governação”.

Por seu turno Joaquim Nafoia, secretário para os direitos humanos da UNIT disse que a remodelação faz parte de um “estratégia de ludibriar as pessoas de enganar as pessoas de manipular as pessoas” fazendo crer que com mudanças de uma ou outra personalidade pode haver melhorias,”

Mas o sociólogo João Lutuima disse que a nomeação de Higino Carneiro além de ser uma demonstração de confiança de Eduardo dos Santos significa que considera Higino carneiro como alguém que “pode responder ao desafio de Luanda”.

Ele recordou que Higino Carneiro tinha dirigido uma comissão da reestruturação da cidade de Luanda

“Estamos perante uma pessoa conhecedora da casa”, disse. (VOA)

Ouça mais opiniões destas três personalidade ouvindo a reportagem aqui:

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA