Angola e Uruguai analisam reforço da cooperação no domínio da defesa

Álvaro Gonzales Otero - Embaixador do Uruguai em Angola (Foto: Gaspar dos Santos)

O embaixador plenipotenciário do Uruguai acreditado em Angola, Álvaro González Otero, informou nesta sexta-feira, em Luanda, que os dois países estão a trabalhar na materialização de um projecto de cooperação, no domínio da defesa.

Em declarações à imprensa, à saída de uma audiência com o ministro da Defesa Nacional, João Lourenço, informou que em breve vai deslocar-se ao seu país uma delegação do Ministério da Defesa de Angola, para aprofundar ainda mais esta questão.

Disse pretenderem com essa visita a assinatura de um protocolo.

Explicou, por outro lado, que Angola e o seu país estão no Conselho de Segurança e por esta razão têm interesses comuns, concernentes ao Atlântico Sul.

Quanto a participação no processo de manutenção de paz em vários países, disse que o Uruguai tem pouco efectivo militar, mas “é o país que mais envia tropas para as operações da ONU”.

Segundo o diplomata, o Uruguai poderá ajudar Angola em diferentes áreas, para profissionalizar ainda mais as Forças Armadas Angolanas.

Realçou o projecto especial entregue ao Conselho de Segurança, pelo ministro angolano das Relações Exteriores, Georges Chikoti, para procurar aperfeiçoar os civis nos conflitos armados e combater a proliferação de armas nucleares.

Adiantou que os dois países partilham ideias comuns, embora estejam em continentes diferentes, sublinhando ser importante a defesa da paz no Oceano Atlântico.

Disse existirem problemas comuns que afectam a todos, como o terrorismo e a pirataria, que devem ser discutidos e coordenados, para serem evitados.

“Para tal, é importante trabalhar em conjunto e de maneira a formar estratégia comuns”, declarou. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA