Abertura dos mercados: Bolsas europeias em alta. Euro e petróleo em queda

(Negocios)

As principais bolsas europeias arrancaram a segunda sessão do ano em terreno positivo. Por outro lado, os preços do petróleo nos mercados internacionais estão a cair e o euro está a perder terreno face ao dólar.

Os mercados em números

PSI-20 soma 0,14%para 5.238,55 pontos

Stoxx 600 avança 0,96% para 360,07 pontos

Nikkei desvalorizou 0,42% para 18.374,00 pontos

Juros da dívida portuguesa a dez anos cedem 1,6 pontos base para 2,536%

Euro desliza 0,22% para 1,0808 dólares

Petróleo em Londres perde 0,35% para 37,09 dólares o barril

Bolsas europeias em alta

Na segunda sessão do ano, as bolsas europeias estão a negociar em terreno positivo. Porém, na Ásia a sessão voltou a ser de perdas. Em Tóquio, o Nikkei encerrou a deslizar 0,42% e o Topix cedeu 0,33%. Na China, as autoridades impediram maiores quedas no mercado de capitais esta terça-feira, 5 de Janeiro, com os fundos controlados pelo Estado a comprar títulos. Isto depois da queda no arranque do ano, na segunda-feira, de 7% na bolsa chinesa, que arrastou os mercados de todo o mundo. Esta terça-feira o dia começou positivo, mas a volatilidade acabou novamente por tomar conta do mercado, acabando o Shanghai Composite por cair 0,26%. Mas foi uma sessão marcada por altos e baixos. O índice CSI 300, que encerrou a subir 0,28%, variou entre um ganho de 1,4% e uma perda de 2,7%.

Em destaque no Velho Continente está a praça espanhola, o Ibex 35, que lidera as valorizações ao subir 1,26%, seguido do britânico Foostsie, que cresce 1,11%. O Stoxx 600, índice de referência, cresce 0,96%. O PSI-20 soma 0,14%.

Juros da dívida pública em queda

Os juros da dívida pública portuguesa no mercado secundário estão a descer em todas as maturidades. A dez anos, o prazo considerado de referência, as “yields” cedem 1,6 pontos base para 2,536%. Os juros da Alemanha estão também a recuar no mercado secundário nos prazos mais curtos e a subir ligeiramente nos mais longos. A dez anos, os juros somam 0,4 pontos base para 0,570%. O prémio de risco da dívida nacional está nos 195,5pontos.

Euro em queda face ao dólar

O euro está a perder terreno face à divisa norte-americana. Perde, por esta altura, 0,22% para 1,0808 dólares. Na sessão de ontem chegou a tocar nos 1,0781, o valor mais baixo desde 3 de Dezembro.

Petróleo em queda
Os preços do petróleo estão a recuar, numa altura em que os investidores estão focados no excesso de oferta que existe no mercado. O West Texas Intermedite cede 0,11% para 36,72 dólares por barril. O Brent do Mar do Norte, que serve de referência para as importações europeias, desce 0,35% para 37,09 dólares por barril. Ainda a marcar a negociação da matéria-prima está a escalada de tensão entre a Arábia Saudita e o Irão – dois países produtores de petróleo.

Ouro continua em alta
Tal como na sessão de ontem, os investidores continuam voltados para activos considerados com menos risco, como é o caso do ouro. Isto numa altura em que há no mercado receios em torno da evolução da economia mundial e há um escalar da tensão entre a Arábia Saudita e o Irão. O ouro está a subir 0,31% para 1.077,98 dólares por onça.

Destaques do dia

Como as quedas na China afectaram os principais activos. Acções de países desenvolvidos e de mercados emergentes, matérias-primas e moedas reagiram à forte queda das acções chinesas. Os receios em relação ao rumo da segunda maior economia do mundo alimentaram a fuga dos activos de maior risco, com os investidores a procurarem segurança.

Volatilidade veio para ficar, dizem os analistas. As preocupações em torno da economia e os mecanismos de limite de quedas na China marcaram um dos piores arranques de sempre nas bolsas mundiais. Num ano que se espera mais difícil, a volatilidade é, para os especialistas, quase certa.

BPI abre a porta a negociar com Isabel dos Santos. “Proposta firme” para a compra da maioria do BFA deve levar BPI a negociar com Isabel dos Santos. No projecto de divórcio com Angola, Ulrich admitiu deixar cair a cisão perante alternativa válida. Unitel recusa operação e está disposta a negociar.

BPI arrisca multa diária se falhar prazo imposto pelo BCE. Se o BPI não resolver o problema angolano no calendário definido pelo BCE arrisca-se a pagar uma multa diária. Risco cresce à medida que o prazo se esgota e o braço-de-ferro com Isabel dos Santos sobe de tom.

O que vai acontecer hoje

Inflação na Zona Euro. O Eurostat divulga o índice de preços nos consumidores para a Zona Euro, relativo a Dezembro. Segundo as estimativas recolhidas pela Bloomberg, a inflação terá avançado de 0,2% para 0,4%, no mês em que o BCE anunciou mais estímulos à economia.

Desemprego na Alemanha. A Alemanha publica a taxa de desemprego, em Dezembro. Segundo os economistas consultados pela Bloomberg, o desemprego deverá ter-se mantido nos 10,7%.

Dados económicos do INE. O INE divulga os inquéritos de conjuntura às empresas e aos consumidores, relativos a Dezembro. (Jornal de Negocios)

por Ana Laranjeiro

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA