Victorino Cunha defende aposta nos femininos

Técnico Victorino Cunha (Foto: Henri Celso)

O antigo seleccionador masculino de basquetebol Victorino Cunha defendeu a necessidade do aumento de clubes com basquetebol feminino no sentido de se criar uma selecção nacional “forte”.

Falando à Angop a propósito da taça dos clubes campeões africanos em femininos, encerrada domingo em Luanda, o técnico que conquistou os três primeiros dos 11 Afrobaskets masculinos para Angola disse que o país precisa de clubes que sigam o exemplo do investimento que o 1º de Agosto e Interclube e Desportivo do Maculusso têm feito “para o engrandecimento” do basquetebol feminino.

Referiu que com mais equipas e uma forte aposta na formação de talentos, os conjuntos angolanos poderão cada vez mais ombrear entre as formações fortes do continente e assim contribuir para tornar a selecção mais competitiva.

Em relação ao triunfo do 1º de Agosto sobre o Interclube (69-53) na final, disputada no pavilhão multi-uso, o antigo treinador disse que as rubro-negras beneficiaram do seu colectivismo para destronar a experiente formação da polícia. (ANGOP)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA